Fact Sheets

SilvaCarbon strengthens Colombian actors’ capacities, like the Ministry of Environment and Institute of Hydrology, Meteorology and Environmental Studies (IDEAM), to monitor land use changes. 

The US Nation Renewable Energy Laboratories Partnership (NREL) with USAID advances renewable energy systems in Colombia. 

The Energy for Peace Activity supports the planning, building, operation, and transfer of sustainable solar energy projects, or mini solar energy grids, in conflict-affected communities. 

The Colombia Forests and Wetlands Activity helps transfer forest and natural resources management expertise from the United States Forest Service (USFS) to local government and community actors.

The U.S.-Asia Gas Partnership (AGP) is a public-private partnership between government and industry representatives to optimize the development of secure, reliable, and economic sources of natural gas across the Indo-Pacific.

Asia Enhancing Development and Growth through Energy (Asia EDGE) is a U.S. Government-wide initiative in support of the U.S. Indo-Pacific Vision to grow sustainable and secure energy markets throughout the Indo-Pacific region by helping governments expand energy access, promote energy diversification and trade, and strengthen energy security.  USAID’s Regional Development Mission for Asia (USAID/RDMA) leads USAID’s Asia EDGE efforts for Southeast Asia.

Os índices actuais de electrificação em Angola estimam-se em 43% na maior parte das cidades e em menos de 10% nas zonas ruais.  O governo de Angola possui um conjunto de metas para atingir uma capacidade instalada de geração de energia de 9.900 megawatts (MW) e um índice de electrificação a nível nacional fixado em 60% até 2025.  O Programa de Energia da USAID para África Austral (SAEP), uma iniciativa da Power Africa, fornece apoio a Empresa Nacional de Distribuição de Electricidade (ENDE) e a Empresa Rede Nacional de Transporte de Electricidade (RNT), visto que estas enfrentam desafios de electrificação, e desenvolvem redes de transmissão interligadas e estáveis.

Angola’s current electrification rates are estimated at 43% in most cities and less than 10% in rural areas.  The Government of Angola has set a target of 9,900 megawatts (MW) of installed generation capacity and a 60% national electrification rate by 2025.  The USAID Southern Africa Energy Program (SAEP), a Power Africa initiative, is providing support to the national electricity distribution company, Empresa Nacional de Distribuição de Electricidade (ENDE) and the national electricity transmission company, Empresa Rede Nacional de Transporte de Electricidade (RNT) as they tackle these electrification challenges and build a stable, connected transmission network.

USAID’s Creating Sustainable Community Water, Sanitation & Hygiene project improves community-managed water and sanitation facilities. The project encourages the adoption of hygiene practices to reduce waterborne diseases in Songo Municipality, Uige Province. It is better known in this region of Angola in the Kikongo dialect as Maza yi Moyo - Water is Life!

O projecto da  Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID) de Abastecimento de Água Potável e Saneamento Gerido pela Comunidade visa melhorar a gestão de água através da implementação do Modelo de Gestão Gomunitária de Sistemas Hidrícos (MoGeCa) por forma a assegurar a acessibilidade de água potável aos consumidores e a manutenção das infraestruturas hidrícas. Este modelo financiando pela USAID e adoptado pelo Governo de Angola, visto que a sua política de gestão de água assenta em três pilares, incluindo: na descentralização da gestão dos sistemas hidrícos, participação e recuperação de custos. Uma componente importante deste modelo, é a criar estruturas de gestão de água e sanemaneto, e capacitar as comunidades através da mobilização social e formação das administrações nacionais e locais em matéria de planificação e implementação do modelo. O objectivo do projecto de Abastecimeto de Água Potável e Saneamento Gerido pela Comunidade é melhorar os indicadores de saúde pública das famílias angolanas vulneráveis por meio de maior acesso aos serviços sunstentáveis e acessíveis de abastecimento de água e sanemanto. Irá melhorar as práticas de higiene nos municípios rurais e peri-urbanos, nas pronvíncias do Cunene, Huambo, Kwanza-Sul e Luanda.

Pages

Last updated: September 27, 2020

Share This Page