Fact Sheets

O projecto da  Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID) de Abastecimento de Água Potável e Saneamento Gerido pela Comunidade visa melhorar a gestão de água através da implementação do Modelo de Gestão Gomunitária de Sistemas Hidrícos (MoGeCa) por forma a assegurar a acessibilidade de água potável aos consumidores e a manutenção das infraestruturas hidrícas. Este modelo financiando pela USAID e adoptado pelo Governo de Angola, visto que a sua política de gestão de água assenta em três pilares, incluindo: na descentralização da gestão dos sistemas hidrícos, participação e recuperação de custos. Uma componente importante deste modelo, é a criar estruturas de gestão de água e sanemaneto, e capacitar as comunidades através da mobilização social e formação das administrações nacionais e locais em matéria de planificação e implementação do modelo. O objectivo do projecto de Abastecimeto de Água Potável e Saneamento Gerido pela Comunidade é melhorar os indicadores de saúde pública das famílias angolanas vulneráveis por meio de maior acesso aos serviços sunstentáveis e acessíveis de abastecimento de água e sanemanto. Irá melhorar as práticas de higiene nos municípios rurais e peri-urbanos, nas pronvíncias do Cunene, Huambo, Kwanza-Sul e Luanda.

O projecto da Redução das Infecções Através do Apoio e Instrução II (RISE II), financiado pela Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID), é uma concessão regional que contribui para as metas globais que visam o fim da epidemia do VIH/SIDA até 2030, melhoria da saúde e bem-estar das comunidades na África Austral e Oriental.

O projecto de Inquéritos Demográficos e de Saúde da USAID (DHS), em colaboração com o Instituto Nacional de Estatística (INE) e o Ministério da Saúde (MoH) em Angola, irão implementar o inquérito de saúde com base populacional, intitulado “Inquérito de Indicadores Múltiplos e de Saúde” (IIMS)”. Este será a continuidade do inquérito de 2015/2016, que a USAID financiou (60 porcento dos custos totais), com aproximadamente 5.9 milhões de dólares, e do apoio técnico da equipa da área de saúde da Embaixada dos EUA em Angola. Consequentemente, pela primeira vez, Angola possui dados fiáveis a nível provincial, comparáveis em todos 90 países que implementaram inquéritos idênticos e ajudaram a desenvolver a capacidade de Angola para monitorar a evolução das metas de desenvolvimento.

A Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID) financia o Corpo de Voluntários de Serviços Finaceiros (FSVC), para implementar um programa que apoia os esforços do governo da República de Angola (GRA’s) na reforma da gestão das finanças públicas. 

Conservation and Governance seeks to reduce deforestation in the Amazon and create environmentally sustainable, legal economic opportunities.

The Paramos and Forests Activity helps the Government of Colombia (GOC) meet its landscape-based climate change mitigation goals and strengthens local economic development. 

The Territories of Life Activity strengthens the capacity of indigenous organizations and traditional authorities in the Amazon Basin to govern their territories. 

The Amazon Indigenous Rights and Resources Activity (AIRR) encourages indigenous peoples’ participation in the sustainable economic development of the Amazon to preserve biodiversity and reduce CO2 emissions caused by forest loss.

Outubro de 2014 – Setembro de 2020
Financiamento: $1,960,000

Julho de 2017 – Abril de 2020
Financiamento total: USD 500.000

Pages

Last updated: September 18, 2020

Share This Page